sábado, 15 de outubro de 2011

October, November..oh wait!

Na melhor forma aos 20?


Estou em pânico.

E não daqueles pânicos rídiculos de " Ò, é o fim do mundo, a minha unha que estava deixando crescer faz séculos quebrou, o que vai ser de mim agora?" não, longe disso. O meu pânico tem origens muito mais profundas e existencialistas do que uma unha quebrada. É que, queridos 2 ou leitores ( oi, mãe! oi, vó!), estarei a fazer 20 anos em dois meses e alguns dias e bem, para duas décadas de existência nunca fiz nada de muito memorável, sabe.

Tipo, é aquela filosofia antiga de " nascer, crescer e se reproduzir e morrer" só que numa versão atualizada 2.0. O mundo espera que você complete algumas tarefas no decorrer dos anos. Por exemplo,dos 5 aos 15 ir muito bem na escola, dos 15 aos 20 anos passar no vestibular e namorar, dos 20 aos 30 conseguir um bom emprego e casar e ter filhos, dos 30 aos 40 melhorar o emprego e manter o casamento. Essas coisas, mas é claro que isso é uma lista não-explicita, mas dá para ler nas entrelinhas. E, chegando aos 20 devo me concentrar nas novas tarefas (conseguir um bom emprego, casar e ter filhos), mas eu mal fiz as antigas.

Outra coisa que me deixa em pânico é que aos 20 anos que se está no pico daquele gráfico mental da " Forma versus Tempo" ( aliás, esse gráfico também está implícito) e os 20 é definitivamente quando você tem que estar na sua melhor forma. E eu levo isso muito a sério, já que, quando estiver com 40 anos e mal conseguir subir as escadas, como vou poder dizer para os outros " Você tinha que ver quando tinha 18, corria meia maratona todos os dias, dançava por horas sem cansar, era incansável!"  mas de fato, a única maratona que faço (e sou muito boa nisso, by the way) é de seriados.

E estou pensando seriamente em começar um projeto 20: "20 coisas para melhorar antes dos 20", bem coisa de revista Cláudia.

5 comentários:

  1. super post!

    Angela Donava
    http://www.lookbooks.fr

    ResponderExcluir
  2. Você vai ver quando estiver a menos de 2 meses de completar 23! Porém não posso reclamar tanto, pq pelo menos a parte de namorar tá sendo cumprida, mas te digo q casar e ter filhos tá longe dos meus 20 a 30 anos.. kakakakakakak
    mas é legal planejar coisas bacanas que te farão bem, porque o resto é só uma regrinha que um a toa fez pra deixar a gente grilado.. kakakakak
    bjusss

    ResponderExcluir
  3. mE DESCULPE,MAS SUA POSTAGEM FOI TÃO SINCERA QUE ME FEZ RIR.tAMBÉM TENHO 20 ANOS E ACABEI DE ME CASAR!
    ADOREI O BLOG!
    Beeijos!

    ResponderExcluir
  4. Thamy (se é que uma leitora que não vem aqui faz tempo ainda pode te chamar assim): não entre nessa noia.Sério.

    Viva sua vida de boa que as coisas vem naturalmente.
    Dando essa dica simplesmente pela lógica da lei do 'quanto mais você deseja uma coisa mais ela se afasta de você'
    Aliás,para que essa neura toda se você está indo bem?
    Um beijo,vou visitar os posts antigos,preciso me atualizar aqui!
    Saudades!

    ResponderExcluir
  5. Bem, ta aí um estereótipo realmente irritante, quer dizer qual é! Estamos sec. XXI, baby. Mas apesar de estarmos no mundo "globalizado" é nossa obrigação seguir perfeitamente a escala de ascensão social sobre a penalidade de sermos ojerizados e tachados como esquisitos. Er estou em meus plenos 16 anos e já sinto a pressão sobre o famoso “O que você quer fazer querida?” onde a resposta pode levar você a dois caminhos: o primeiro é o esperado pela sociedade “AH! direito? Medicina? Que jovem formidável e inteligente você não? ” . E o segundo, uma resposta tão inocente mais que pode ser o fator definitivo para a sua declinagem na aristocracia moderna , “Vendedora de picolé? Cantora de roda de samba?Oh! pobre menina, pobre menina. ”.É as escolhas defini o que somos mas, hoje, certamente o que conta na definição de nosso caratês para o próximo é “estar ou não estar no padrão imposto de maneira, ainda que inconsciente, déspota pela a sociedade”. E volto a repetir querida, tenho 16, meio anti social e com tendência critica ao comportamento pré-estabelecido, que deviria esta no auge da adolescência e apaixonada pelos caras mais bonitos da escola. Bem sinto frustrar a expectativa geral por ainda ser BV (bem e antes que pense, eu não sou feia, apenas não sou do tipo que beija o primeiro bêbado de festa apenas para não ser a única da sala que ainda tem personalidade o suficiente para dão deixar ser levada pela opinião aléia) E digo a você querida, embora o meu problema seja com beijos não dados e o seu com corpos perfeitos não tão perfeitos, o “x” da questão é que simplesmente você deve parar de se preocupar com estereótipos estabelecidos, viva a SUA vida a SUA maneira, porque simplesmente ela é SUA e não da sociedade. Beijinhos da Anna ;D

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar o Jaquetaesaia! Lembre-se, você pode falar o que quiser, desde que não use palavrões ( Mas você é uma pessoa civilizada apenas acrescentando a sua opinião, não vai falar palavrão não é? NÂO É?).
Anyway, obrigada por comentar! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...