terça-feira, 31 de maio de 2016

FOOD -Sobre preparar a própria comida com estilo


Estou fazendo um album fotográfico das coisas que cozinho/como aqui na Alemanha. Por enquanto ainda não tem muitas variações porque eu fico esfomeada e esqueço de fazer fotos (Ops). Mas já estou bem satisfeitas com as fotos que tenho até agora. É de fato muito díficil pensar..o que vou comer hoje? Mas espero que com esse album fotográfico em breve tenha várias inspirações de coisas que fizemos e deram certo.






Schnitzel! - mais típico alemão não dá.


Deu fome! Sorvete de baunilha com amendoas, morango e chocolate!

Guten Appetite!
E a, o que vocês andam comendo?


domingo, 10 de abril de 2016

Praha


Fazia muito tempo que não viajava,viajava mesmo. Passeios em outras cidades na Alemanha não se parecem com viagens tanto quanto é sair da terra onde você está vivendo e ir ver outra realidade, outra língua e outra cultura. Praga não foi tão emocionante e barata como eu esperava, mas me deu a sensação de finalmente estou saindo de casa e sendo uma desconhecida passageira no mundo. Uma coisa que adorei,provavelmente pelo fato de ser feriado e todos estarem viajando foi o mix de ver centenas de pessoas reunidas falando diversos idiomas ao mesmo tempo e no mesmo lugar. Recomendo essa sensação para todos, parar e apenas ouvir o inteligível.

Vista de Praga do alto do Parque de Petrina.


quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Estraga-prazeres



Sabe aqueles dias que está tudo tão bem? O céu é azul, os pássaros cantam e você simplesmente está feliz com a vida, com seu cabelo e tudo o mais? Foi assim que acordei essa segunda-feira, feliz e saltitante indo para meu curso de alemão,ouvindo a rádio e cantando junto. Então todos elogiam a minha alegria e disposição inusual para uma segunda-feira e julgam que devo ter tido um Valentinestag muito bom (não amigos,meu valentinestag foi igual a todos os anos: forever alone).
O fato é que eu tinha resolvido todos os problemas pendentes, criado metas e tudo mais para organizar tudo que eu preciso antes do verão e estava feliz por isso. Até que, alguém muito maldoso estragou meu dia.
Uma pessoa tirou 5 minutos do dia, para me dizer palavras horríveis e acabar com  16 horas restantes do meu dia. Assim, do nada. Passei o dia tentando me dizer que não era verdade, que era tudo mentira. Mas e se fosse? vi minha vida de cabeça para baixo e comecei a reorganizar as minhas metas. É assim, quer acabar com meu dia e me deixar preocupada por dias é só me dar um problema que altere o curso dos meus planos. Estou constantemente reprogramando me,como um computador, para me adaptar as situações ao redor: falta de dinheiro, falta de apoio, falta de motivação ou apenas vergonha na cara mesmo, preciso lidar todos os dias coma equação: problemas x coisas boas da vida e tentar deixar o saldo positivo.
E no fim, resolvi que não deixaria isso me afetar. Aquelas palavras não podem significar nada para mim e nem me afetar se eu não quiser. Mesmo sendo verdade. Estamos todos os dias rodeados de estraga prazeres,pessoas que tem uma mente tão limitada que não conseguem enxergar além e quando alguém ver algo a distância, para eles, parece que é irreal e tentam te convencer de que é impossível.

domingo, 7 de fevereiro de 2016

As incertezas


Quando somos adolescentes vivemos uma fase de incertezas. Nunca sabemos o que fazer depois do colégio, estamos descobrindo o mundo dos namoros, transformações na forma que o mundo nos vê (não somos mais crianças mas também não somos adultos). E mesmo querendo nos definir e descobrir como somos, quem somos e o que queremos fazer, achamos que alguns anos mais tarde teremos toda certeza do que é a vida e de quais são nossos objetivos.

Mas fato é que, hoje com 24 anos estou mais longe de me definir do que estive com 14 ou 16. E descobri que a maioria das pessoas nessa idade ou até mesmo mais velhas não fazem a menor idéia de onde estão indo ou para onde querem ir. Apenas vão. Aceitam o que vier e pronto. Apenas vai seguindo a corrente. Se aparecer a oferta, ok. Se não, okay também. Se aparecer alguém para amar tudo certo mas se não...segue. Crianças, seguros, consertos e viagens, quando vemos já tinhamos tudo isso. Se você não fizer suas escolhas a vida vai fazer elas por você e você vai ter que aceitar.

Mas eu me recuso a aceitar apenas o que vem. Eu posso e quero mais. Quero ir longe, quero ir além do que imaginaram para mim. Não quero uma vida normal, quero uma vida extraordinária. Quero viver mil vezes eu mesma, quero ser a melhor versão de mim todos os dias. Quero descobrir um jeito de fazer o mundo de outras pessoas melhor. Mesmo que todos os dias tenha que enfrentar as incertezas de não saber o que vou fazer em seguida na minha vida.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Não crie expectativas...

..crie tudo menos expectativas.

É claro que a primeira coisa que crio sempre é a expectativas. Como alguém me fala que tem algo para me dar e eu não vou criar a expectativa de ser algo bom, um presente. Como vou sair com um cara sem expectativa de que vire algo? Fazer uma entrevista sem expectativas de ser contratada? Como vou fazer novas amizades sem expectativas de que nos tornemos amigos de todas as horas? Começar um curso sem expectativas. Acordar sem expectativas. Qual a razão de acordar e não ver lá as expectativas sentadinhas do seu lado, esperando você para mais um dia cheio de ansiedade? Ele vai mandar mensagem. O pacote vai chegar. A surpresa vai ser boa. O resultado da entrevista vai ser positivo.
Hoje em dia a maior parte dos conselhos que nos dão é: Não se apegue. Quase como se falassem evite a dor mas sempre fique ai com esse vazio, porque ao se apegar você pode preencher um vazio dentro de você mas isso pode doer muito. E agora vazio e sem dor? ou completo porém com sofrimento? É como tomar remédio, te faz bem porém a maioria tem efeitos colaterais e você precisa se decidir qual das dores é mais fácil suportar.
Quando não nos apegamos, deixamos outra pessoa, que não deveria criar expectativas mas provalmente criou, frustradas. Nos tornamos superficiais. Sempre vazias e sem muitas memórias. deixamos  de viver intensamente o que sentimos, deixamos de amar e de esperar que as coisas aconteçam e para mim, isso parece mais triste do que sofrer por amor, um desejo que não se realizou.


domingo, 9 de agosto de 2015

Wanderlust

Novos caminhos na vida começam. "O primeiro dia do resto das nossas vidas"  É agora que você começa a colher os frutos do seus esforços. É isso que as pessoas sempre dizem quando você enfim termina a graduação. A vida que você tinha antes não era vida e você está pronta para viver: 8 horas de segunda à sexta no seu trabalho ( se você conseguir um) e sábado até as 14h. Wow! Não poderia ser mais feliz.
O fato é que não quero isso para mim ainda. Não estou pronta para o primeiro dia do resto da minha vida. Eu quero mais. Quero grandes aventuras em Nova York e quero fazer um safari na África.  Quero ver o nascer do sol no Himalaia e o por do sol na Noruega. Quero me apaixonar diversas vezes todos os dias. Quero descobrir lugares e pessoas novas e comer comidas que nunca imaginei comer.  Quero mergulhar em rios e subir montanhas e ir dormir morta de satisfação. Quero aproveitar cada minuto da vida de forma que ela tenha sido significativa.
E hoje aos 23 anos prometo a mim mesma nunca irei deixar que a vida seja sempre a mesma coisa todos os dias. A não ser que essa coisa seja sempre boa e sempre para o bem de alguém.

domingo, 24 de maio de 2015

Véspera de graduação ou segura o forninho e vai!


Quem acompanha esse blog desde sempre sabe o quão difícil foi esses 4 anos e meio de graduação. Além de 1 ano de cursinho, intercambio  e toda a minha trajetória academica entre os dilemas: sair com os amigos ou estudar? fazer o trabalho ou assistir seriados? Ir para aula ou ficar em casa dormindo? Formar é uma das coisas mais díficeis que alguém pode fazer na vida. Não é a unica mais díficil mas entra facilmente no top 10 das coisas que dá vontade de desistir e ir vender picolé na praia.

Primeiro porque voce entra super empolgado, tudo é novo: rotina de estudos, colegas da faculdade, o campus e a galera bonita desfilando entre uma aula e outra. Tem aquelas animadas festas, churras e coisa e tal e voce pensa: Cara, porque não terminei o ensino médio antes e porque todos reclamam da faculdade?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...